Arquivo da categoria: NOTÍCIAS

Cônsul-geral do Canadá participa de roda de conversa em Florianópolis sobre políticas migratórias

Stéphane Larue, cônsul-geral do Canadá em São Paulo, se reuniu com representantes de entidades catarinenses de apoio a imigrantes e pessoas em situação de refúgio na última terça-feira, 29/08, em Florianópolis, para troca de experiências sobre políticas migratórias desenvolvidas pelo governo canadense e iniciativas locais em Santa Catarina.

Conhecido mundialmente por receber imigrantes, o Canadá possui programas de acolhimento e integração envolvendo governo, empresas e sociedade civil desde os anos 1970.

– Receber imigrantes é investir no futuro. Se você tem na sua empresa pessoas de diversos países, prepara sua empresa para a sociedade global. Ter políticas para receber imigrantes é estar preparado para o futuro, e para nós do Canadá a diversidade é importante – afirmou Larue.

De acordo com o cônsul-geral, nos últimos dois anos o Canadá recebeu mais de quarenta mil refugiados sírios. Para isso, contou não só com recursos públicos como também com a mobilização da sociedade civil por meio do programa de apadrinhamento privado. Este modelo permite que famílias ou grupos de pessoas residentes no país “adotem” temporariamente refugiados, auxiliando financeiramente e em questões como moradia e alimentação, por exemplo.

Além de apresentar as políticas migratórias canadenses, Larue conheceu um pouco mais da realidade de imigrantes e pessoas em situação de refúgio em Santa Catarina durante conversa com integrantes da Pastoral do Migrante de Florianópolis (link), Grupo de Apoio a Imigrantes e Refugiados em Florianópolis e região (GAIRF), Núcleo de Apoio aos Imigrantes e Refugiados vinculado ao Centro de Pesquisas e Práticas Decoloniais e Pós-Coloniais aplicadas às Relações Internacionais e ao Direito Internacional (NAIR/EIRENÈ-UFSC), Observatório das Migrações de Santa Catarina (UDESC), Núcleo de Estudos sobre Psicologia, Migrações e Culturas (NEMPsiC-UFSC), Ação Social Arquidiocesana (ASA), Círculos de Hospitalidade (link) e Associação dos Haitianos em Balneário Camboriú (AHBC).

Um dos assuntos abordados foi a expectativa para a abertura do Centro de Referência e Atendimento a Imigrantes e Refugiados de Santa Catarina (CRAI-SC), local que será de fundamental importância para atender a população migrante. Ao final da reunião realizada na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o cônsul-geral informou que está disponível para compartilhar com autoridades do governo catarinense a experiência canadense de acolhimento e integração.

– Assim como Santa Catarina, o Canadá também se desenvolveu com a presença de imigrantes. Atualmente, mais da metade da população de Toronto nasceu fora do país – disse Larue.

O encontro foi organizado por Fernando Damazio, ex-coordenador do GAIRF e participante do programa Líderes em Educação Canadá Brasil, com o apoio do Consulado do Canadá em São Paulo e auxílio do NEMPsiC-UFSC.

Confira alguns registros do encontro.

FullSizeRenderIMG_6053IMG_6057atividadeconsulFLNIMG_6047FullSizeRender (1)IMG_6070

 

Anúncios

Quarta edição da Feira Gastronômica dos Imigrantes em Florianópolis

A quarta edição da Feira Gastronômica dos Imigrantes será realizada em Florianópolis dia 10 de setembro, das 12h às 20h, na Praça Bento Silvério, na Lagoa da Conceição. O evento é promovido pela Associação Cultural Cachola de Bernunça e pelo Coletivo Imigra Brasil, com o apoio do GAIRF. O acesso ao espaço é gratuito.

Nesta edição será possível saborear a culinária de representantes de diversos países, entre eles Peru, Timor Leste, Marrocos, Argentina, Kosovo, Itália, Síria, Senegal, além da culinária local, artesanato, apresentações musicais e culturais.

Para mais informações, acesse a página facebook.com/feiragastronomicadosimigrantes

Ou clique aqui para conferir mais detalhes sobre a próxima edição da feira.

20992712_1948501608731404_7482934204335701134_n

Curso de formação para professores de língua portuguesa para falantes de árabe 

Iniciou na última semana o curso de formação de professores voluntários para o ensino de língua portuguesa, voltado para falantes de árabe residentes em Florianópolis. A iniciativa faz parte do “Projeto de Inclusão Social para Refugiados Falantes de Árabe em Florianópolis: Enfoque em Língua Portuguesa”, como política institucionalizada da Ssecretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (SAAD), no âmbito da Universidade Federal de Santa Catarina. O intuito da formação é capacitar professores nas especificidades linguísticas e necessidades individuais e coletivas de pessoas em situação de refúgio, falantes de árabe. Participam das aulas professores e professoras, além de voluntários interessados previamente inscritos.

A noite de abertura, que ocorreu na terça-feira (15), foi marcada pela presença da Profa. Dra. Francis Tourinho e dos integrantes da Comissão do projeto: Prof. Joao Lupi, Profa. Dra. Cristine G. Severo e Bruna Kadletz, pesquisadora integrante da Coordenação Compartilhada do Grupo de Apoio a Imigrantes e Refugiados em Florianópolis e região (GAIRF).

A programação da primeira semana incluiu as seguintes temáticas:

– Refúgio e crise humanitária global (Profa. Dra. Karine de Souza Silva e Emanuely Gestal da Silva, do NAIR/Eirenè);

– Português como Língua estrangeira (Profa. Dra Cristine G. Severo, Dr. Carlos Guerola, Mestrando Cristian Goulart e Doutorando Alexandre Silveira, do CCE/UFSC);

– Aspectos psicológicos relacionados ao trabalho voluntário com populações refugiadas (Márcio Jibrin, do NEMPsiC/UFSC);

– Contexto local e ética de trabalho (Bruna Kadletz, do GAIRF);

– Pedagogia da Emergência e higiene psíquica (Reinaldo Nascimento, da Pedagogia de Emergência).

Na próxima semana, entre os dias 21 a 25 de agosto, o projeto irá receber o Prof. Dr. João Baptista Vargens, docente de língua e cultura árabe na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), para ministrar aulas sobre o ensino da língua portuguesa para falantes de árabe.

Além de fazer parte da Comissão do projeto de inclusão, o GAIRF também participou na idealização e coordenação do curso de formação. Confira alguns registros da primeira semana da atividade: