Arquivo da tag: Mostra de filmes Refugiados.Doc

Mostra de Cinema Refugiados.doc: confira registros do evento

Nos dias 26 e 27 de junho de 2017 o Grupo de Apoio a Imigrantes e Refugiados de Florianópolis e região (GAIRF) promoveu a mostra gratuita de cinema Refugiados.doc, momento em que foram exibidos quatro documentários de curta-metragem brasileiros, um documentário de curta-metragem canadense e um longa-metragem brasileiro, com foco na temática dos fluxos migratórios contemporâneos e do refúgio no Brasil. A iniciativa, que contou com o apoio da Fundação Catarinense de Cultura, foi idealizada para marcar o Dia Mundial do Refugiado, celebrado em 20 de junho. Após a exibição dos filmes, foram realizadas duas rodas de conversa para debater questões sobre a temática.

Nos dois dias, mais de 200 pessoas compareceram no cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) para conferir os filmes e as conversas, guiadas pelas representantes do GAIRF e que atualmente integram a coordenação compartilhada do grupo: Maria das Graças Brightwell, Bruna Kadletz, Mariá Boeira Lodetti, Ana Sofia Guerra, Tamajara Silva, Sansara Buriti e Samira Moratti Frazão, além do comparecimento de outros representantes do grupo, que prestigiaram a iniciativa.

Agradecemos a Fundação Catarinense de Cultura pelo apoio na cessão do local para exibição dos filmes,  e aos produtores dos filmes abaixo listados por permitirem a exibição gratuita dos curtas e longa. Também agradecemos aos demais representantes do GAIRF e ao público em geral por prestigiarem o evento, cuja importância é relevante para conscientizar e expor o tema das migrações e do refúgio, na cidade de Florianópolis e região.

Filmes exibidos na ocasião:

“Refugiados – A vida de Popole Misenga” (dir. Cavi Borges)
“Home Video” (dir. Lucas Rached)
“Rekomanse” (dir. Ana Marinho, Beatriz Cerino, Caroline Figueiredo, Everson
Chagas e Izabel Guzzon)
“Vidas Deslocadas” (dir. João Marcelo)
“Bem-vindo ao Canadá” (dir. Adam Loften & Mary Fowles)
“A Casa de Lucia” (dir. João Marcelo e Lucia Luz)

Confira a seguir alguns registros dos dois dias da mostra (clique nas imagens para ampliar):

Crédito das imagens: Ana Sofia Guerra, Sansara Buriti e Samira Moratti Frazão.

Clique aqui para ver outros registros da mostra na página do evento no Facebook.

Cinema do CIC recebe mostra de filmes em homenagem ao Dia Mundial do Refugiado

Para marcar o Dia Mundial do Refugiado, celebrado em 20 de junho, o Grupo de Apoio a Imigrantes e Refugiados em Florianópolis e região (GAIRF) realiza a mostra de cinema REFUGIADOS.DOC. Seis documentários abordam as histórias, a partir de diferentes perspectivas, de pessoas forçadas a abandonar seus países por causa de guerras, catástrofes naturais, perseguições e violações de direitos humanos. A abertura da mostra será no Cinema do CIC dia 26 de junho, às 20h, com a apresentação de quatro curtas-metragens brasileiros. Após a exibição dos filmes, haverá uma roda de conversa entre membros do GAIRF e o público. Toda a programação é gratuita. O evento, que ocorre nos dias 26 e 27 de junho, tem o apoio da Fundação Catarinense de Cultura.

O documentário “Refugiados – A vida de Popole Misenga” retrata a história do judoca congolês que integrou a primeira equipe de refugiados a disputar os Jogos Olímpicos. Misenga chegou ao Brasil 2013 para participar de um campeonato de judô e viu na viagem a oportunidade de buscar um futuro melhor longe da República Democrática do Congo, onde conflitos armados deixaram cerca de 6 milhões de mortos nas últimas duas décadas. O filme é de Cavi Borges, também diretor de “Cidade de Deus – 10 Anos Depois”.

Pensado e filmado junto com os moradores da Casa do Migrante, “Home Video” apresenta o olhar de imigrantes e refugiados sobre sua própria condição na cidade de São Paulo. A produção catarinense “Rekomanse” mostra o cotidiano de haitianos que vieram para Chapecó depois do terremoto de 2010. “Vidas Deslocadas” conta a história de Faez Abbas e Salha Nasser, casal de refugiados palestinos reassentados no Rio Grande do Sul.

No dia 27,terça-feira, serão exibidas duas produções que integram a mostra “Olhares sobre o Refúgio” da ACNUR (Agência da ONU para Refugiados), evento que está passando por cinco capitais brasileiras no mês de junho.

“Bem-vindo ao Canadá”, curta metragem de 2016, apresenta a história do jovem refugiado sírio Mohammed Alsaleh. Depois de fugir da tortura e prisão do regime de Assad, Mohammed está reconstruindo sua vida no Canadá e ajudando os compatriotas recém-chegados.

O longa-metragem “A Casa de Lucia”, dirigido pelo cineasta curitibano João Marcelo e por Lucia Luz, retrata a história de uma refugiada síria que vive no Brasil e faz uma viagem inesperada para reencontrar seus pais e irmãos no Kuwait. Os registros da viagem foram gravados pela própria Lucia, que também é a primeira refugiada a conseguir uma transferência entre sua faculdade de origem e uma Universidade Federal brasileira. O filme acaba de estrear em circuito nacional e será exibido pela primeira vez em Florianópolis.

Refugiados no Brasil
De acordo com dados do Comitê Nacional para Refugiados (CONARE) atualmente vivem no Brasil cerca de dez mil pessoas reconhecidas como refugiadas, de diferentes nacionalidades, sendo a maioria proveniente da Síria, Colômbia e República Democrática do Congo.

Sobre o GAIRF
Criado em 2014 por iniciativa da Arquidiocese de Florianópolis, o Grupo de Apoio a Imigrantes e Refugiados em Florianópolis e região (GAIRF) reúne diversas instituições e membros da sociedade civil, entre os quais estão a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e Pastoral do Migrante, tendo como objetivo integrar imigrantes e refugiados à sociedade brasileira. Acompanhe o grupo em: http://www.facebook.com/gairf e http://www.imigrafloripa.wordpress.com

Serviço
Mostra de Cinema REFUGIADOS.DOC
Quando:
segunda-feira (26) e terça-feira (27) às 20h
Onde: Cinema do CIC, Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica, Florianópolis
Entrada Gratuita

Programação

Dia 26/6:
“Refugiados – A vida de Popole Misenga” (dir. Cavi Borges)
“Home Video” (dir. Lucas Rached)
“Rekomanse” (dir. Ana Marinho, Beatriz Cerino, Caroline Figueiredo, Everson
Chagas e Izabel Guzzon)
“Vidas Deslocadas” (dir. João Marcelo)
Duração da sessão: 1h

Dia 27/6:
“Bem-vindo ao Canadá” (dir. Adam Loften & Mary Fowles)
“A Casa de Lucia” (dir. João Marcelo e Lucia Luz)
Duração da sessão: 1h30

Outras informações na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/258485401299910/?ti=cl

flyerdivulgação (1).jpg