Arquivo da tag: Mostra de filmes

Mostra de Cinema Refugiados.doc: confira registros do evento

Nos dias 26 e 27 de junho de 2017 o Grupo de Apoio a Imigrantes e Refugiados de Florianópolis e região (GAIRF) promoveu a mostra gratuita de cinema Refugiados.doc, momento em que foram exibidos quatro documentários de curta-metragem brasileiros, um documentário de curta-metragem canadense e um longa-metragem brasileiro, com foco na temática dos fluxos migratórios contemporâneos e do refúgio no Brasil. A iniciativa, que contou com o apoio da Fundação Catarinense de Cultura, foi idealizada para marcar o Dia Mundial do Refugiado, celebrado em 20 de junho. Após a exibição dos filmes, foram realizadas duas rodas de conversa para debater questões sobre a temática.

Nos dois dias, mais de 200 pessoas compareceram no cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) para conferir os filmes e as conversas, guiadas pelas representantes do GAIRF e que atualmente integram a coordenação compartilhada do grupo: Maria das Graças Brightwell, Bruna Kadletz, Mariá Boeira Lodetti, Ana Sofia Guerra, Tamajara Silva, Sansara Buriti e Samira Moratti Frazão, além do comparecimento de outros representantes do grupo, que prestigiaram a iniciativa.

Agradecemos a Fundação Catarinense de Cultura pelo apoio na cessão do local para exibição dos filmes,  e aos produtores dos filmes abaixo listados por permitirem a exibição gratuita dos curtas e longa. Também agradecemos aos demais representantes do GAIRF e ao público em geral por prestigiarem o evento, cuja importância é relevante para conscientizar e expor o tema das migrações e do refúgio, na cidade de Florianópolis e região.

Filmes exibidos na ocasião:

“Refugiados – A vida de Popole Misenga” (dir. Cavi Borges)
“Home Video” (dir. Lucas Rached)
“Rekomanse” (dir. Ana Marinho, Beatriz Cerino, Caroline Figueiredo, Everson
Chagas e Izabel Guzzon)
“Vidas Deslocadas” (dir. João Marcelo)
“Bem-vindo ao Canadá” (dir. Adam Loften & Mary Fowles)
“A Casa de Lucia” (dir. João Marcelo e Lucia Luz)

Confira a seguir alguns registros dos dois dias da mostra (clique nas imagens para ampliar):

Crédito das imagens: Ana Sofia Guerra, Sansara Buriti e Samira Moratti Frazão.

Clique aqui para ver outros registros da mostra na página do evento no Facebook.

Mostra de filmes em Florianópolis destaca obras de cineasta haitiano

Entre os dias 8 e 11 de dezembro, Florianópolis recebe a Mostra de Cinema Raoul Peck: Um Cineasta do Haiti, com alguns filmes de ficção e documentários do cineasta haitiano Raoul Peck. O evento será realizado no cinema do CIC (Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Florianópolis), em parceria com as atividades do Cineclube UNISUL. A abertura da mostra conta com a participação especial da Profa. Dra. Janaína Oliveira, idealizadora e coordenadora do FICINE – Fórum Itinerante de Cinema Negro, que falará sobre a vida e a obra do cineasta. O evento é gratuito.

Raoul Peck nasceu em Porto Príncipe, Haiti, em 1953. Desde que deixou o país com a família, aos oito anos de idade, fugindo da ditadura de François Duvalier – o “Papa Doc” –, Peck morou e estudou em diferentes lugares do mundo: República Democrática do Congo, Alemanha, Estados Unidos, França. Iniciou estudos na área de engenharia industrial, antes de se formar em cinema, em Berlim, em 1988. Foi Ministro da Cultura do Haiti entre 1996-97, durante o governo do presidente democraticamente eleito René Préval. Tanto sua obra de ficção quanto seus documentários são marcados por seu forte ativismo político. Desde 2010, Raoul Peck é presidente de La Fémis, em Paris, uma das mais renomadas escolas de cinema da França.

A Mostra de filmes Raoul Peck: Um Cineasta do Haiti é uma realização da Dois Plátanos Produções Cinematográficas, em parceria com a Embaixada da França, a Cinemateca da Embaixada da França e o Institut Français. O evento conta com o apoio do Curso de Cinema e Audiovisual da UNISUL, através do Cineclube Cinema UNISUL e seus respectivos parceiros: Cinema do CIC, Fundação Catarinense de Cultura – FCC, e Governo de Santa Catarina.

Também apoiam o evento o Fundo Municipal de Cinema – FUNCINE, o Fórum Itinerante de Cinema Negro – FICINE, o Curso de Cinema da UFSC e a Secretaria de Cultura e Arte da UFSC – SecArte UFSC.

mostra de cinema